A Oficina de Agosto



A nossa história...

Os irmãos e parceiros Antônio Carlos Bech, o Toti, e Sonia Bech Vitaliano, trabalham juntos na ideia de recuperar o artesanato brasileiro e torná-lo um meio de subsistência das pessoas. 

Toti, desde criança se interessou pelo mundo da arte. A pintura, sua paixão, o levou a aprimorar suas técnicas na Itália e a buscar lá novos conhecimentos. O artista plástico paulista trabalhou por mais de 20 anos como dono de um antiquário em Embu das Artes, onde em Agosto de 1989, deixou-o aos cuidados da irmã Sonia e foi em busca de um novo projeto.



Pensando em criar uma oficina itinerante, Toti mudou-se para Ilha Bela e depois para Paraty, onde desenvolveu alguns trabalhos utilizando a matéria-prima disponível na região e a mão-de-obra local. Em 1991, Toti chegou ao Bichinho, um vilarejo mineiro localizado entre as cidades de Tiradentes e Prados.

Desde sempre, preocupado com questões ecológicas o artista passou a usar material reciclável para a criação de objetos de decoração. Consciente também dos problemas sociais, desenvolveuna própria comunidade um grupo de artesãos que ajudava na contrução dos objetos de arte por ele idealizados. Cada artesão aprendeu uma técnica e deu às obras um pouco de sua identidade. Desde então, os moradores locais, que só tinham como subsistência a agricultura e pecuária, viram suas vidas mudarem através da arte.

Toti , Sonia e toda a equipe de artesãos criam uma arte coletiva muito diferenciada e inovadora com a assinatura: OFICINA DE AGOSTO




Atuando com Responsabilidade Social

A Oficina de Agosto valoriza as expressões artesanais da diversidade cultural brasileira e mantém um compromisso com a sustentabilidade social e ambiental, ajudando a construir melhores condições de vida para as pessoas. Promove o desenvolvimento sustentável e a inclusão social num lugar muito carente de oportunidades de trabalho.

Ao empregar as pessoas da região em busca de profissão, a Oficina de Agosto desperta as aptidões latentes nos indivíduos e formar novos artífices.

Desde a sua criação, a oficina tem como principal característica a utilização de materiais recicláveis como fonte de matéria-prima. Ao contratar uma mão de obra independente e ao fornecer toda a madeira utilizada, a ação conseguiu impedir a progressiva degradação ambiental na região.

A conscientização de seus funcionários e terceirizados, em relação à preservação e aos cuidados com o meio ambiente, foi fundamental para a manutenção da área onde a comunidade vive e extrai o seu bem-estar. Com suas iniciativas, a Oficina de Agosto transformou o artesanato na base sustentável do desenvolvimento local e conseguiu despertar nas pessoas o seu potencial.


Nossa Missão

Ser referência na arte e artesanato brasileiro, garantindo a sustentabilidade ambiental e da comunidade, valorizando a criatividade individual e o trabalho coletivo